segunda-feira, 21 de junho de 2010

Us.4 - Nem sempre o que se quer

Nem tudo o que eu quiser eu sei que vão me dar
Nem sempre o que se quer é o que se tem
As coisas que eu quis eu tive que buscar
Eu nunca pedi nada a ninguém

Nem tudo o que eu quiser eu sei que vão me dar
Nem sempre o que se quer é o que se tem
As coisas que eu quis eu tive que buscar
Eu nunca pedi nada a ninguém

Eu sempre tive muita vontade
Eu sempre acreditei no que eu quis
Eu nunca tive medo de nada, só das tentativas que eu não fiz
Nem sempre o que eu ouvi foi verdade
Nem sempre o tempo todo feliz
Eu nunca me arrependo de nada, só das tentativas que eu não fiz

Nem tudo o que eu quiser eu sei que vão me dar
Nem sempre o que se quer é o que se tem
As coisas que eu quis eu tive que buscar
Eu nunca pedi nada a ninguém

Nem tudo o que eu quiser eu sei que vão me dar
Nem sempre o que se quer é o que se tem
As coisas que eu quis eu tive que buscar
Eu nunca pedi nada a ninguém

Eu sempre tive muita vontade
Eu sempre acreditei no que eu quis
Eu nunca tive medo de nada, só das tentativas que eu não fiz
Nem sempre o que eu ouvi foi verdade
Nem sempre o tempo todo feliz
Eu nunca me arrependo de nada, só das tentativas que eu não fiz

Sem tempo pra esperar sem me esquecer do que é melhor pra mim

Nem tudo o que eu quiser eu sei que vão me dar
Nem sempre o que se quer é o que se tem
As coisas que eu quis eu tive que buscar
Eu nunca pedi nada a ninguém

Nem tudo o que eu quiser eu sei que vão me dar
Nem sempre o que se quer é o que se tem
As coisas que eu quis eu tive que buscar
Eu nunca pedi nada

Tão longe de chegar, mas sempre certo pra seguir
Sem nunca duvidar
Sem esquecer de tudo que eu vivi

Nem tudo o que eu quiser eu sei que vão me dar
Nem sempre o que se quer é o que se tem
As coisas que eu quis eu tive que buscar
Eu nunca pedi nada a ninguém

Nem tudo o que eu quiser eu sei que vão me dar
Nem sempre o que se quer é o que se tem
As coisas que eu quis eu tive que buscar
Eu nunca pedi nada a ninguém
Nada.. Nada.. Nada.. Nada a ninguém..
Nada.. Nada.. Nada.. Nada a nínguém...



Nenhum comentário:

Postar um comentário