segunda-feira, 19 de julho de 2010

The Runaways!




Vim falar deste filme, que ainda, sequer veio ao Brasil... "/Mas eu assisti... \õ/
Simm! O desespero e ansiedade foi maior!!!

E eu...como bela crítica que sou, cheguei a comentar com alguns colegas, que esperava beeeeeem mais desse filme... No entanto, isso foi quando assisti a primira vez...
Na segunda, já não me contive...E tive que criticar minha própria crítica... Não é que o filme seja ruim, é que estamos tão acostumados com a ficção, que exitamos um pouco quando o cinema apresenta o que, realmente, é a vida real. Ao assistir The Runaways, pela primeira vez, as pessoas esperam coisas mágicas...sabe? Filme mesmo... não apenas um musical com cenas "espalhadas"... perdidas no roteiro... Então, a primeira impressão é: PQP que filme sem sal...sem açúcar... eu esperava, pelo menos, um pouco mais...
Porém, ele é tão "impregnante", que parece gritar na sua cabeça para que se assista denovo. A frase: "eu esperava, pelo menos, um pouco mais.." abre espaço para "eu esperava, pelo menos, ver mais....mais umas 2h de filme....rs...." A música contagia.. [chiclete mesmooo!] ... e a atuação das atrizes parece te fazer um convite para uma "nova chance"... E na segunda vez que você assiste, terceira, quarta, sei lá... pega-se pensando: "esse filme é bom pra CASSETE...!" {desculpem-me o entusiasmo..}
Eu, porém, só posso dizer que a atuação de Kristen Stewart foi linda! Perfeita mesmo...! Ela deixa o filme tão empolgante, a ponto de você, ser mortal como eu {rs..}, prender a atenção totalmente nela!
A atuação de Dakota Fanning também foi ótima...mas a Kristen... ai meu Deus! {suspiros} É a Kristen... e suas "parceiras" que me desculpem... mas ela é quem prende a atenção o filme todo..

Enfim...

Navegando pela net me deparei com um comentário...que, em partes, diz tudoo que pensei sobre tudo mas não disse... ou quase isso... e resolvi postar:

"Esse filme foi incrível!!! Não entendo de onde estão vindo todas as más críticas. A melhor performance de todas de Kristen Stewart! Sou uma enorme fã dela e acredito que ela é uma atriz incrível, mas o seu desempenho como Joan Jett foi de arrasar. Achei Dakota absolutamente brilhante também. A cena no final onde Cherie deixa o estúdio de gravação e Joan perde o controle foi tão intensa. Este filme realmente te leva e você se encontra dizendo, “acabou, sério, eu quero mais!” Você não conseguia manter seus olhos longe da Joan de Kristen neste filme, ela dominou completamente cada cena, sua presença foi incrível. Dakota desempenhou brilhantemente Cherie, eu não a vi como a menininha de todos os seus outros filmes, mas como Cherie Currie. Ambas fizeram um trabalho incrível. Stella Maeve esteve brilhante como Sandy West, mas eu queria que ela estivesse um pouco mais presente. Eu não posso esperar para o DVD sair, e já estou planejando para vê-lo novamente nos cinemas em breve.
[...] É tão injusto. Este foi um dos melhores filmes que já vi em muito tempo e me deixou querendo vê-lo novamente. Definitivamente eu recomendaria ir a um cinema (se você puder), mas a música de rock te cercando é incrível. Este filme merece ser exportado… Eu o veria de novo e de novo. Desculpe pela minha crítica não ser ótima, é a minha primeira. Depois de ver esse filme, eu tive que falar sobre como ele foi ótimo."

E foi mesmo!
Assistindo pela terceira vez eu pude realmente dizer: O FILME É BOM MEEEEESMOOOO!
Assistam! Nem que num impulso desesperado como o meu... sobre críticas primárias como a minha... Assistam! E já como aviso: ele contagiaaa!



É.... Enjoy!

Desabafo...




Bom...

Como minha vida é feita de altos de baixos...mais baixos do que altos...voltei para “descarregar” um momento deprê...

Hoje estou assim e nem eu mesma sei o porquê... Aliás, eu até sei...e sei também que são vários os motivos.

Há dias que me pego pra observar a vida de cima...e na maioria das vezes, quando resolvo ser minha própria platéia, não saio muito satisfeita... “/

Fico imaginando se tudo fosse diferente...e isso não deve acontecer só comigo...eu sei!

O pior é que eu sei...

Hoje, parei pra pensar no quanto a vida faz suas artes...e no quanto pinta e borda com a gente...

É fácil querer que tudo seja mágico... o díficil é viver na certeza de que nada é... viver na certeza que sua vida está a mercê de outras coisas, reais, que muitas vezes você mesmo não tem o conhecimento...nada é mágico! Sua vida é SUA... você está preso ao mundo como ele te ordena...e tem que aguentar as consquências disso...

...ai como eu queria...como eu queria que com o estalar de um dedo as coisas fossem como a gente sonha... poderia ser tudo melhor pra mim... fazer outras pessoas melhores... principalmente aquelas que sonho em “mudar” a vida... [pra melhor...] ..falo no sentido de ajudar mesmo..nem que indiretamente...isso seria um sonho...Como eu queria que fosse real...

Como eu queria....

Como eu queria não ter que conviver com essa incerteza de saber se amanhã ou depois vou estar em pé, caminhando sozinha...enxergando... vendo a luz que ilumina todos os dias minha vida...[embora eu ame a noite]... Incerteza de ser eu mesma...de poder fazer com que isso aconteça... incerteza de saber se no dia seguinte posso estar presa...dependendo de alguém pro resto da vida... [e neste caso, que acabasse logo! Rápido mesmo... ]... Incerteza de saber se, realmente, eu faço bem à alguém...ou se sou só “mais um motivo” pra que ela, esta pessoa, ria... [de mim!] Incerteza de saber se tudo é incerto... ou se tudo é certo demais, ao ponto de ser incerto! {pra mim...}

Vontade de ser diferente...fazer tudo diferente... vontade de não ser eu! Vontade de ser ficção..onde a gente pode tudo e faz tudo dar certo! Ou não... Aliás...não!... Vontade de ser eu! Estou satisfeita comigo mesma..mas não com aquilo que tenho [me refiro ao que é meu MESMO! E isso se resumiria apenas a corpo e problemas...], pois acredito que ainda minha alma é certa!

Vontade de mudar...

Vontade de ter nascido diferente.... em lugar diferente... pessoas diferentes... tudo diferente... vida diferente...!

Pena que nem tudo é certo... e nem tudo pode ser mudado...

Aliás...

O mundo é incerto... a vida é incerta...

E eu? Muito pior... eu sou incerta! E isso que me deixa louca!

A única certeza é que eu queria ser “certa”...totalmente certa...ao menos, metade certa... e não sou!

Texto confuso?

Não muito... se você sentisse a metade do que eu sinto saberia...

É só um desabafo...

Só um desabafo...

É isso..


sábado, 17 de julho de 2010

Palavras não dizem....



"A amizade é uma predisposição recíproca que torna dois seres igualmente ciosos da felicidade um do outro..."


E é assim que me sinto...feliz por saber que ela está feliz... e que tudo vai dar certo!

Tanto tempo esperando...e Vai dar certo.... *_*

Vai dar certo....!


Ai que agonia!!!

Meu Deus! *___*

Palavras não dizem o que eu tô sentindo...

Vai dar certo...

Vai dar TUDO certo!

quarta-feira, 14 de julho de 2010

É só uma idéia...



Existem três caminhos a serem trilhados...
Que depois de decidido, fica difícil apagar as pegadas que foram registradas no solo.
O primeiro, é aquele que a verdade vai falar mais que sua língua...
E quando tocar aquela música linda aos olhos dos normais, você, vai ter a coragem de dizer, não gosto desse som, ele é careta!
O segundo, é aquele que sua casa vai viver cheia, os sorrisos serão para todos, até mesmo para aqueles que você detesta.
Haverá também, frases feitas e abraços ensaiados.
O terceiro, é aquele que vão colocar o cigarro na sua boca, e você por sua vez, vai fumar, mas não vai tragar.
Dez irão dizer que sim...
E os outros dez, irão dizer que não....
E você, viverá por longos anos, talvez até a sua morte, não sabendo se era sim ou não!


Complexo não? Mas ainda assim, eu prefiro o primeiro caminho.
Não importa se os meus passos ficarão registrados no solo, que fiquem! Fiquem agarrados.

sexta-feira, 2 de julho de 2010

\...Decode.../

Como eu posso decidir o que é certo?
Quando você está confundindo minha mente
Não consigo ganhar sua luta perdida todo tempo
Eu nunca vou possuir o que é meu
Quando você sempre está tomando partido
Você não tomará meu orgulho
Não, não desta vez
Não desta vez

Como chegamos aqui?
Eu costumava te conhecer tão bem
Como chegamos aqui?
Bem, eu acho que sei

A verdade está escondida nos seus olhos
E está pendurada na sua língua
Apenas fervendo no meu sangue
Mas você acha que eu não consigo ver
Que tipo de "homem" você é
Se você é "um homem", afinal de contas
Bem, Eu vou entender por conta própria.

(Eu estou gritando "Eu te amo tanto", mas meus pensamentos
você não pode decodificar)

Como chegamos aqui?
Eu costumava te conhecer tão bem
Como chegamos aqui?
Bem, eu acho que sei

Você vê o que temos feito?
Nós vamos nos fazer de bobos
Você vê o que temos feito?
Nós vamos nos fazer de bobos

Como chegamos aqui?
Eu costumava te conhecer tão bem
Como chegamos aqui?
Bem, eu costumava te conhecer tão bem
Eu acho que sei
Eu acho que sei
Tem algo que eu vejo em você
Isso pode me matar
Eu quero que seja verdade.



How can I decide what's right?
When you're clouding up my mind
Can't win your losing fight all the time
Not gonna ever own what's mine
When you're always taking sides
You wont take away my pride
No not this time
Not this time

How did we get here?
I used to know you so well
How did we get here?
Well, I think I know

The truth is hiding in your eyes
And its hanging on your tongue
Just boiling in my blood,
But you think that I can't see
What kind of man that you are
If you're a man at all
Well, I will figure this one out on my own

(I'm screaming "I love you so"
But my thoughts you can't decode)

How did we get here?
I used to know you so well
How did we get here?
Well, I think I know

Do you see what we've done?
We're gonna make such fools of ourselves
Do you see what we've done?
We're gonna make such fools of ourselves

How did we get here?
I used to know you so well
How did we get here?
Well, I used to know you so well
I think I know
I think I know
There is something that I see in you
It might kill me
I want it to be true