segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

A Resposta




"Eu não acredito nas palavras,
acredito nos fatos,
nas coisas,
e nas respostas...
E então o que é o perdão se não um produto sem justificativa pelo uso?
E isso tudo é só um símbolo de que o passado não importa mais...
e por isso eu não devia calar o meu pranto.
Essa lâmina continua afiada,
e era eu que ainda não tinha observado,
tentando superar o mau gosto do meu sangue.
E as lágrimas vão sendo confiscadas...
Tudo através do produto que continua estagnado nas pontas dos meu dedos
e as minhas mãos não são capazes de superar o medo
e não conseguem ver que a vida continua,
Sem esquecer,
sem relevar,
sem perdoar...!"

Nenhum comentário:

Postar um comentário