quarta-feira, 25 de maio de 2011

E a mais ninguém!


“Eu respeito a sua dor e não posso elaborar nenhuma tese sobre ela. Sua dor é única, e é a única que você consegue realmente sentir. Ela te pertence e a mais ninguém.”






( - Augusto Cury)












Nenhum comentário:

Postar um comentário