sábado, 10 de dezembro de 2011

Ah, quer saber? EU TE AMOOO! ¬¬"



Sim, é amor.
Mas não vou falar do amor dos poetas, do amor dos noivos ou do amor dos loucos...
Mas sim, pode ser considerado por muitos o amor dos loucos também.
Não, não vou rimar.

É forte, é cativante!
Suficientemente grande para estar em todo lugar,
e suficientemente pequeno para ficar dentro de mim.

Também é assustador!
O maior medo da minha vida, preencheu meu coração
O medo de amar,
o medo de perder tudo que eu tinha,
tudo que eu já amava.

Porém, é paz.

Paz porque após o medo vêm a alegria,
alegria de sentir o que você jamais sentiu,
o que você pensou jamais sonhar novamente,
se tornou pouco
diante daquilo que se tornou realidade.

É esperançoso!
Um amor que te faz esquecer tudo,
e pensar apenas que qualquer problema,
mesmo inquestionável,
ainda é pouco para o amor que você sente.

É um amor forte suficiente para te fazer dar um reset;
Algo tão grande que me faz abandonar tudo,
Tudo que já conquistei,
Tudo que já gostei,
Tudo que já fiz e que faço,
apenas para seguir este amor.

Ele me faz abandonar meus gostos,
meus desejos,
Minhas vontades,
Minha independência.
Ele me faz abandonar quem amo...

Mas lembre-se, é esperançoso!

Ele me dá conquistas inimagináveis;
Aquilo que faço com ele é aquilo que gosto, e eu amo dizer isso a todos!
É um amor infinito, eu posso dividir ele com quem quiser!

Meus desejos agora são seus,
Minhas vontades agora são suas,
Eu dependi sim de você, e me orgulho disso
pois sei que posso até voar com isso.

E...Se ele me faz abandonar quem amo,
é porque ainda não chegou quem é para se amar.

E tudo que eu abandonar será apenas uma miragem perante aquilo que ele me der,
Não visto por mim aqui ou por qualquer um.
E não precisam ver.
Pois esse amor me honra, e aquilo que ele me dá
NINGUÉM me tira.

Continuo sem rimar,
e muitos ainda dizem ser o amor dos loucos.
Mas esse amor não precisa ter sentido humano,
Pois são as coisas loucas deste mundo que confundem os sábios, lembra?
Apenas uma coisa eu te digo,
Experimente apenas uma vez deste amor,
E você nunca mais irá querer abandoná-lo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário