quinta-feira, 28 de junho de 2012

O Sonho de Um Visconde - Fresno

.
.
.
Eu sonhei que o mar me engolia, me tirava o ar...
Experimentei a paz de ver que eu não iria mais voltar.
Eu vi que o céu é só mais uma ilusão,
E escrevi num papel pra me lembrar ao fim do furacão...
Precisei voar pra bem longe só pra ver:
Serei sempre eu, as palavras, e o resto é nada mais…
Serei sempre eu, as memórias, e o resto é nada mais…
Eu tentei pintar na minha cara um sorriso igual àquele que eu sei: Está lá!
Num grão de areia entre as Mostardas e o Pinhal...
Eu vi que o céu me atrai bem mais que o chão,
Mas é tão cruel contemplar sozinho a imensidão...
Queria alguém pro universo observar...
  E aí sim seria só eu, você, e o resto é nada mais…
Seríamos eu, você, e o resto é nada mais…

"Queria, por um dia, conseguir mudar…
Deixar de ser errante, por um dia não andar.
Eu tenho uma ferida de cada lugar em que deixei guardada a solidão...
E é por isso, minha linda, que eu não sei lidar:
É muito mais do que o meu peito pode suportar...
Não quero sonhos com horas marcada pra acabar
Prefiro essas histórias imperfeitas pra contar..."

Será que há alguém por aí pra me fazer mudar?
Será que há alguém pra me ouvir?
.
.
.
Música Nova do Lucas (e da Fresno)! 
Vale à Pena conferir esse acústico "saído do forno"...
*---* 


segunda-feira, 25 de junho de 2012

Você nem pra ligar...


Te conheci, de um jeito amargo:
Cheiro forte do seu cigarro e ainda assim queria te provar...

Me viciei no seu desprezo...
Me encantei, com a sua encenação, fingindo me ignorar...

Mudei minha vida toda por você!
Você nem pra arriscar...
Eu cansei, não vou mais!

O que é pra ser, só pode ser, se você quer...
Você nem tentou mudar!
O que é pra ser, só pode ser, se você quer...
Você nem tentou me amar!

E foi assim tão de repente...O que era meu, agora já não é mais...E nunca mais será!
Passei a andar tão distraído...
Passei a amar por pura convenção,
Fingindo me entregar...

Joguei minha vida fora por você
Você nem pra arriscar...
Eu não sei, eu não vou mais!

O que é pra ser, só pode ser, se você quer...
Você nem tentou mudar!
O que é pra ser, só pode ser, se você quer...
Você nem tentou me amar...!



(2046 - Moptop)

domingo, 24 de junho de 2012

Vem meu amor...

"Basta olhar no fundo dos meus olhos pra ver que já não sou como era antes...
Tudo que eu preciso é de uma chance, De alguns instantes...
Sinceramente ainda acredito em um destino forte e implacável, e em tudo que nós temos pra viver.. 
(É muito mais do que sonhamos...)
Será que é difícil entender porque eu ainda insisto em nós? Será que é difícil entender? Vem andar comigo...
Vem, vem meu amor... As flores estão no caminho
Vem meu amor, Vem andar comigo...!"



(Jota Quest)

sexta-feira, 22 de junho de 2012

- Chamada Perdida




...
Eu só liguei pra perguntar: - Ainda acredita nos filmes?
Eu desliguei sem demonstrar comoção, ciúmes...
Sei que esse cara te levou pela mesma porta que entrou,
mas não vai, não vai, não vai dizer que a terra parou...
Você se perdeu por ego e valor!
Se juntar tudo que ele comprou, não te paga nenhum sorriso..
Quer mais pra si do que pra mim:  Eu sei!
Mais de mil corações vão tentar conquistar aquele que eu tive em mãos
Acreditei mais em mim do que em você. Hoje aprendi e vejo sou feliz sem me arrepender
Nem que eu passe por cima de todos que te dizem ser seus amigos, 
seus amigos, não sei... Saiba quem corri por ti.
Eu só liguei pra perguntar: - Lembra da história dos filmes?
Você não quis mais desligar... Disse não por ciúmes.
Aquele cara te enganou...Sumiu e nunca se importou!
Mas não vai, não vai, não vai dizer que a terra parou...

Você se perdeu por ego e valor!
Se juntar tudo que ele comprou, não te paga nenhum sorriso
Quer mais pra si do que pra mim...eu sei, eu sei.
...

terça-feira, 12 de junho de 2012

- Tereis mais medo ainda esta noite...


"O sentimento do irreparável gelou-me de novo. 
E eu compreendi que não podia suportar a idéia de nunca mais escutar esse riso. 
Ele era para mim como uma fonte no deserto."



(O pequeno príncipe)


..devoção..


Cubra-me com seu manto de amor
Guarda-me na paz desse olhar
Cura-me as feridas e a dor me faz suportar
Que as pedras do meu caminho
Meus pés suportem pisar
Mesmo ferido de espinhos me ajude a passar
Se ficaram mágoas em mim
Mãe tira do meu coração
E aqueles que eu fiz sofrer, peço perdão

Se eu curvar meu corpo na dor
Me alivia o peso da cruz
Interceda por mim minha Mãe, junto a Jesus

Nossa Senhora me dê a mão
Cuida do meu coração
Da minha vida, do meu destino

Nossa Senhora me dê a mão
Cuida do meu coração
Da minha vida, do meu destino
Do meu caminho
Cuida de mim

Sempre que o meu pranto rolar
Ponha sobre mim suas mãos
Aumenta minha fé e acalma o meu coração
Grande é a procissão a pedir
A misericórdia, o perdão
A cura do corpo e pra alma, a salvação
Pobres pecadores oh Mãe
Tão necessitados de Vós
Santa Mãe de Deus, tem piedade de nós
De joelhos aos Vossos pés
Estendei a nós Vossas mãos
Rogai por todos, nós Vossos filhos, meus irmãos

Nossa Senhora me dê a mão
Cuida do meu coração
Da minha vida, do meu destino
Do meu caminho
Cuida de mim...


terça-feira, 5 de junho de 2012

Espelhos d'Alma...


Você pode até dizer que não entendeu o que eu disse.
Mas jamais poderá dizer que não entendeu como eu te olhei.


Pe Fábio de Melo 


domingo, 3 de junho de 2012

Pensamentos que inspiram...


“Mas se tu me cativas, minha vida será como que cheia de sol. 
Conhecerei um barulho de passos que será diferente dos outros. 
Os outros me fazem entrar debaixo da terra. 
Os teus me chamarão para fora da toca, como se fossem música. 
E depois, olha! 
Vês, lá longe, os campos de trigo? 
Eu não como pão. 
O trigo para mim não vale nada. 
Os campos de trigo não me lembram coisa alguma. 
E isso é triste! 
Mas tu tens cabelos dourados. 
Então será maravilhoso quando tiveres me cativado. 
O trigo, que é dourado, fará com que eu me lembre de ti. 
E eu amarei o barulho do vento no trigo...”



- Antonie de Saint-Exúpery 



 

sábado, 2 de junho de 2012

E entre tantas outras...


“Disse a flor ao pequeno príncipe: 
- É preciso que eu suporte duas ou três larvas se quiser conhecer as borboletas. 
Dizem que são tão belas...” 



 “ - Ela é sozinha, porém, mais importante que todas vós, pois foi ela que eu reguei. Foi ela que pus sob a redoma. Foi ela que abriguei com o para-vento. Foi por ela que matei as larvas (exceto duas ou três, por causa das borboletas). Foi ela que eu escutei se queixar ou se gabar, ou mesmo calar-se algumas vezes, já que ela é a minha rosa...”



Antoine de Saint-Exúpery




sexta-feira, 1 de junho de 2012

Eu sou...!


“Eu sou mais forte do que eu” (assim como escreveu Clarice Lispector) e apesar do meu corpo fraquejar, minha alma não desiste da esperança, porque ela sabe que a felicidade não é algo que se busca, mas que está presente nas pequenas coisas do nosso dia-a-dia. E por isto mesmo eu sigo sorrindo, mesmo que às vezes eu chore. E eu choro. Mas estou sorrindo agora. Sim, eu sou estranha, mas querem saber? Eu gosto muito de mim!”






- Ana Jácomo.


...


Devia tê-la julgado pelos atos, não pelas palavras.
 (…) Mas eu era jovem demais para saber amar...
 




Antoine de Saint-Exupéry