segunda-feira, 10 de setembro de 2012

... só + algumas palavras ...


Tô me aproximando de tudo que me faz completo, me faz feliz e que me quer bem. Tô aproveitando tudo de bom que essa nossa vida tem. Tô me dedicando de verdade pra agradar um outro alguém. Tô trazendo pra perto de mim quem eu gosto e quem gosta de mim também. Ultimamente eu só tô querendo ver o ‘bom’ que todo mundo tem. Relaxa, respira, se irritar é bom pra quem? Supera, suporta, entenda: isento de problemas eu não conheço ninguém. Queira viver, viver melhor, viver sorrindo e até os cem. Tô feliz, to despreocupado, com a vida eu to de bem.


(Caio Fernando Abreu)






"Porque que eu falei pra não fazer coração aquela hora? 
Porque infelizmente as pessoas estão banalizando a porra do coração...
Mew, me chama do que for! 
Cara...me chama de emo, 
me chama de qualquer bosta, véio...contanto...
mas eu tenho certeza, 
quando eu fiz essa música e todas as outras 20 que a gente tá tocando aqui, 
eu sentia cada palavra daquele verso, 
eu sentia cada exagero daqueles, tipo: "e dói demais ter
 você aqui!"...
Essas merdas a gente sente, velho! 
E eu tenho certeza que muitos de vocês sentem!
...e se vocês não sentiram, 
v
ocês vão se foder pra caralho um dia!
Não importa velho, 
se tu é funkeiro, 
se tu é axézeiro, 
se tu é pagodeiro, 
se tu é maconheiro, 
se tu é putanheiro... 
um dia tu vai se foder e essas músicas aqui vão fazer sentido pra caralho pra ti !
E é por isso que a gente não muda... 
e é por isso que a gente não obedece! 
...e é por isso que a gente não faz um som que tá na moda, 
justamente, porque se tem uma coisa que nunca sai de moda, 
são esses sentimentos.. 
iguais a esse que a gente vai cantar dentro de alguns segundos..."



(Lucas Silveira)






Nenhum comentário:

Postar um comentário