quarta-feira, 24 de julho de 2013

Olhares...




Nunca tive a total coragem de ver o seu olhar, mas não importa, pois quando menos fito, mais me identifico com o mesmo. A gente é amor pois é amado. A gente recebe amor, pois também é fitado. Seja até com olhares hostis. Mas eu sabia que não mais poderia impressionar, pois quando o meu olhar em frente ao seu se calou, nada de mim restou, a não ser te amar quieto. No ponto de nem você saber, mas compreender que dentro daquele olhar, o meu amor buscava você, e no final, ele saberia aonde te encontrar.



( Victor Hugo )



Nenhum comentário:

Postar um comentário