quarta-feira, 23 de outubro de 2013

♫ ...e eu te avisei... ♫




E o que foi que eu disse milhares de vezes? Que ele se arrependeria da decisão que tomou, que se arrependeria de jogar no lixo anos de cumplicidade e meu ato de coragem onde coube voltar a confiar nele. Pois quando eu digo é porque tenho certeza. E bem como esperei de braços cruzados e um sorriso irônico no rosto, ele me procurou! Me procurou pra se desculpar e dizer que era errado estar com ela pensando em mim. Sim, era mesmo. Mas quer saber? A essa altura do campeonato nem uma declaração me faria esquecer o que ele fez e jogar tudo pro ar de novo. Não quero mais isso. Óbvio que o que eu sinto não passou, mas me conveio aprender a usar a razão e agora que aprendi, simplesmente não consigo desligá-la da emoção. E é melhor assim. Cansei de me jogar de cabeça, a partir de hoje pensarei duas vezes antes de me afogar nesse mar que as pessoas chamam de amor.



( cartas para Julieta )



Nenhum comentário:

Postar um comentário