terça-feira, 26 de novembro de 2013

..um pouco das minhas neuras...




É, eu queria te dizer: VAI, PODE IR EMBORA, NÃO ME FAZ FALTA NENHUMA. Mas eu não consigo, não sei me despedir de ninguém, não sei dar tchau tão fácil, não aceito PERDER, não admito que as pessoas saiam da minha vida assim, sem explicação, sem um motivo, sem um "porquê"...

Não, eu não quero que você saia da minha vida, na verdade eu não imaginava que você sequer entraria nela. Mas já que entrou, me recuso a aceitar que saia assim, tão rapidamente. Tão sem justificativas. Sou insistente, até demais...

Eu só desisto quando vejo que não tenho mais alternativas, que enfim, eu perdi mesmo!

Mas agora não, eu não perdi ainda. E não vou me permitir perder... 

Quando a gente gosta, quando a gente SE APEGA, a gente também sabe deixar o orgulho de lado e pedir por favor "FIQUE"!

Fique mais um dia, mais uma semana, mais uma vida inteira. Mas fique...!

Não vá, porque eu ainda não consigo te ver indo embora sem sentir, sem me importar, sem que uma bendita lágrima caia. Porque eu sou boba. Eu ainda acredito nas pessoas e no bem que elas trazem para minha vida...

Por vezes pode parecer drama, mas não, é só medo de perder.

Que irônico...Perder o que nunca me pertenceu...

A vida afasta da gente, quem chegou pra iluminar.

Volta, com teu sorriso, com tua alegria. Me mostra que ainda vale a pena acreditar...



“A gente se afasta porque achamos que talvez dê errado, mas a gente sempre volta, porque esse errado, é o nosso certo. A gente volta, porque a gente se pertence.”


Nenhum comentário:

Postar um comentário