sábado, 24 de maio de 2014

E por falar em finais...

- Eu só Agradeço -



''Nossa história de amor foi épica (...) Não vou falar da nossa história de amor pra vocês porque, como todas as histórias de amor de verdade, ela vai morrer com a gente, como deve ser. (...) Não posso falar da nossa história de amor, então vou falar de matemática. Não sou formada em matemática, mas sei de uma coisa: existe uma quantidade infinita de números entre 0 e 1. Tem o 0,1 e o 0,12 e o 0,112 e uma infinidade de outros. Obviamente, existe um conjunto ainda maior entre o 0 e o 2, ou entre o 0 e o 1 milhão. Alguns infinitos são maiores que outros. (...) Há dias, muitos deles,  em que fico zangada com o tamanho do meu conjunto ilimitado. Queria mais números do que provavelmente vou ter (...). Mas, meu amor, você não imagina o tamanho da minha gratidão pelo nosso pequeno infinito. Eu não o trocaria por nada nesse mundo. Você me deu uma eternidade dentro dos nossos dias numerados, e eu sou muito grata por isso...''


- A culpa é das estrelas
- John Green

Nenhum comentário:

Postar um comentário